ITAPECERICA DA SERRA - SP

" Pedra Lisa Escorregadia "

Aniversário - 08 de MAIO (1562)



                    Itapecerica é uma palavra de origem tupi e significa: Monte granítico, de encostas lisas e escorregadias, daí a identificação de “Pedra Lisa Escorregadia”. Segundo conta a lenda, dois índios caminhavam nessa rocha, quando um deles, ao escorregar exclamou: Ita, - ao que o outro respondeu - pecerica, nascendo daí o nome do Município, estando muitas residências, no Largo da Matriz, alicerçadas nesta legendária pedra (Rocha na Rua Henrique Soter Fernandes).

                  Em 1562, por força de um levante armado que culminou em um ataque dos índios da Confederação dos Tamoios à vila de São Paulo de Piratininga (atual cidade de São Paulo) e a outros núcleos de povoamento e colonização portuguesa, a Companhia de Jesus instalou, entre agosto e setembro de 1562, postos de defesa e colonização avançados.

                  Itapecerica da Serra tem origem em uma aldeia de índios pacificados pelos Jesuítas provavelmente a 3 de setembro de 1562 , sob a invocação de Nossa Senhora dos Prazeres, com o propósito de ser um posto avançado de colonização, catequização e de defesa contra ataques indígenas.

                No século XVII, o núcleo da população indígena foi consideravelmente aumentado com a vinda dos indígenas trazidos da aldeia de Carapicuíba, trazidos pelo sertanista Afonso Sardinha e deixados sob a posse do Padre Belchior de Pontes para serem convertidos ao catolicismo.

                Em 1689, a capela de Itapecerica contava com mais de novecentas almas sob a posse do padre Diogo Machado, da Companhia de Jesus.

               Em 1841, Itapecerica foi elevada à categoria de freguesia, tendo, como patrona, Nossa Senhora dos Prazeres e teve como primeiro vigário o padre Bento Pedroso de Camargo, nomeado por dom Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade.

              Fazia parte do território do antigo município de Santo Amaro, instalado em 7 de abril de 1833 quando separado de São Paulo.

             Em 8 de maio de 1877 foi elevada a categoria de vila com a denominação de Itapecerica, quando se emancipou do antigo município de Santo Amaro , que em 1935 foi reintegrado e se tornou distrito paulistano.

          Em 19 de dezembro de 1906, através da Lei Estadual nº 1.038 Itapecerica foi elevada à categoria de Cidade.

           Em 1930, com a construção da Estrada de Ferro Mairinque-Santos (Sorocabana), que passa pela cidade atravessando o bairro da aldeinha, houve uma certa expansão da economia da cidade.

         Em 30 de Novembro de 1944, Itapecerica passou denominar-se Itapecerica "da Serra" para diferenciar-se de sua homônima nas Minas Gerais e por estar na zona fisiográfica de Paranapiacaba.

        Em 1959, foi criada a Comarca de Itapecerica da Serra , composta pelos atuais municípios de Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba, São Lourenço da Serra e Taboão da Serra. (na época eram Distritos da Cidade de Itapecerica da Serra).

        Em 1960 com a conclusão da Rodovia Régis Bittencourt BR-116 o acesso da cidade à região sul do Brasil foi consideravelmente melhorado, tendo a inauguração da rodovia contado com a presença do então presidente da república Juscelino Kubitschek.

        A cidade de Itapecerica está subdividida em diversos bairros os principais são: Centro, Parque Paraíso, Valo Velho, Jardim Hitóshi, Jardim Branca Flor, Lagoa, Jardim Anâlandia, Jardim Paraíso, Jardim Itapecerica, Jardim Montesano, Jardim Jacira, Jardim Sampaio, Recreio Campestre, Jardim São Marcos, Jardim Embu-Mirim, Jardim Mombaça, Jardim Imperatriz, Jardim das Palmeiras, Jardim Cinira, Jardim Marilu, Itaquaciara, Crispim, Jardim São Pedro, Jardim Renato, Jardim das Oliveiras, Olaria, Potuverá, Recanto da Floresta, Ressaca, Aldeinha, Recreio Primavera, Yara Ceci, Jardim Idemori, Jardim Santa Julia, Chácara Santa Maria, dentre outros.

Dados do Censo - 2010

População total: 152.614

Urbana: 151.349

 Rural: 1.265

  Homens: 76.270

   Mulheres: 76.344

Expectativa de vida (anos): 70,69

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,44

Taxa de alfabetização: 94,38%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,783

Gentílico: itapecericano


Fonte: Wikipidia